sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Meus Filhos


À Priscilla Isabel
Carlos Magno
Karen Evellyn
Meus filhos são como flores.
São bálsamo de vida,
sonhos de amores.
Eles são as vértebras que me sustentam,
o freio que me estaciona,
a estrada que me faz prosseguir...

Meus filhos são minhas cores,
Meu ter pra quem lutar.
São minha esperança,
minha confiança
meu desejo de continuar.

Meus filhos são meus sabores,
o tempero do meu viver,
eles são os doces,
em meio ao amargor do meu sofrer.

Meus filhos são meus amores,
o antídoto pras minhas dores

Amarei eternamente
meus filhos cristalinos:
duas meninas, um menino
que meu ventre fez gerar.
As três poesias,
que me ensinaram amar.

Magna Vanuza Araújo
|Direitos Reservados|

Um comentário:

  1. Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos perídos mais
    marcantes da vida. Mais o que o adolescente pensa disso? (sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Blog de uma adolescente"

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
    Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
    Atenciosamente Tainã Almeida.

    ResponderExcluir